Aprendizagem adaptativa: saiba a sua importância para treinamentos

Lucas Loconte, Copywriter

Os métodos de ensino que existem no mercado são cada vez mais variados, dando oportunidade para quem está em busca de crescimento pessoal e/ou profissional. Dentro das empresas, uma aposta bastante interessante, principalmente para treinamentos realizados pelas equipes de RH e T&D (Treinamento e Desenvolvimento), é a aprendizagem adaptativa. Você já ouviu falar sobre essa metodologia? 

Ao longo deste artigo, vamos discutir sobre o que é esse método e a importância dele para treinamentos corporativos. Além disso, apresentaremos um comparativo com outras metodologias, traçando os principais desafios da aprendizagem adaptativa e, claro, como aplicá-la dentro de sua empresa. 

Para você que ficou interessado no assunto, continue aqui e acompanhe! 

Afinal, o que é aprendizagem adaptativa?

O nome “aprendizagem adaptativa” pode parecer paradoxal, mas não é! Muitos métodos de ensino trabalham com a apresentação expositiva de informações, sem que a pessoa tenha a possibilidade de interferir no conteúdo e sugerir os caminhos mais interessantes e que realmente levem à produtividade. Contudo, com essa metodologia não é assim!

A aprendizagem adaptativa é um modelo de ensino que se aplica principalmente em treinamentos corporativos. Por meio dela, é buscado entender a necessidade do colaborador e desenvolver a capacitação por meio de suas dificuldades, interesses e demais interações. Ou seja, tudo é modelado de acordo com o público-alvo.

Mesmo que pareça um método de difícil aplicação, já que muitos treinamentos são cerceados por centenas de pessoas, existe um grande aliado nessa aplicação: a tecnologia.

Com plataformas que interpretam perguntas e respostas é possível criar um perfil do time presente na capacitação e desenvolver uma metodologia de ensino baseado no que é mais necessário para aquele indivíduo. 

Qual a importância desse método para treinamentos?

A aprendizagem adaptativa se encaixa em quase todos os espaços de ensino. Inclusive, para as equipes de RH e T&D, que são responsáveis por desenvolver treinamentos e outros serviços, essa é uma grande aposta. Uma vez que combina ferramentas atuais com as lacunas de aprendizado dos colaboradores.

Através da metodologia é possível construir um treinamento rico, que ofereça conteúdos pertinentes aos colaboradores de sua empresa e que realmente leve conhecimento para todos e aplicação rápida do que foi treinado.  

Aprendizagem adaptativa x outros métodos

Para que fique claro a diferença entre a aprendizagem adaptativa e outros métodos utilizados para desenvolvimento de treinamentos, fizemos uma pequena tabela ilustrando as características de cada um. Confira:

Objetivo

Aprendizagem Adaptativa

Outros Métodos

Participação dos colaboradores

Participação frequente e ativa

Nenhuma participação ou pouca participação

Uso de tecnologias

Sempre/Sim

Não/Às vezes

Tipo de aula

Aula interativa/expositiva

Aula expositiva

Desafios da aprendizagem adaptativa nas empresas

Você pode pensar até aqui que a aprendizagem adaptativa é perfeita para qualquer espaço. Porém, precisamos salientar (mesmo com todos os benefícios desse método), que ele também promove desafios aos organizadores de treinamentos. 

Mesmo que a tecnologia desenvolva ferramentas inteligentes para interpretar perguntas e respostas, somente nós, humanos, somos capazes de realizar uma análise aprofundada a respeito do assunto. Por isso, é fundamental criar um questionário que seja certeiro e que não dê margem para diversas interpretações. Com respostas variadas, torna-se um processo difícil encontrar rumo para o treinamento.

Além disso, é essencial ressaltar que a aplicação da aprendizagem adaptativa em conjunto à tecnologia não é uma solução para todos os problemas relacionados ao treinamento. 

Como aplicar esse método no meio corporativo?

Ficou interessado nesse método e está a fim de aplicá-lo dentro da sua empresa por meio de treinamentos? Separamos aqui 5 dicas essenciais para colocá-lo em prática e obter resultados positivos com a metodologia de aprendizagem adaptativa.

Por isso, pegue uma caneta e um papel, pois todas as informações a seguir são de suma importância! Vamos lá?

Monte uma estratégia

A nossa primeira dica pode parecer óbvia, mas não é! Para que a aprendizagem adaptativa traga resultados positivos é fundamental montar uma estratégia com objetivos e metas. Sem um planejamento conciso, que mostre aos colaboradores qual o intuito do treinamento com esta metodologia, muitos vão achar que não valerá a pena e surtirá efeitos.

Além disso, é importante também montar um plano que tenha o método de andragogia para pautar a capacitação. 

Comece pequeno

Para equipes de desenvolvimento e RH que não são familiarizadas com tecnologia, a adoção da aprendizagem adaptativa pode parecer um pouco complexa. Contudo, não deixe de iniciar nesse método por medo! Mesmo que seja aos poucos, implemente-a e veja como a colaboração dos funcionários é importante.

Inicie com uma plataforma básica e apenas um treinamento mais curto. Após isso, vá criando outros treinamentos a partir dos feedbacks e aprendizados da primeira implementação e quando o processo estiver funcionando bem, aplique em treinamentos mais avançados e longos.

Nesse caso, a dica é: nunca vá direto ao sistema mais complexo!

Adote diversos formatos de conteúdo

Outra dica essencial para a aplicação da aprendizagem adaptativa dentro das empresas é a de adotar diversos formatos de conteúdos. Nem todos os colaboradores estão acostumados a ler, por exemplo, um livro digital com mais de 100 páginas.

Assim, tenha planejado diversas formas de aplicar o treinamento. Seja por interações de multimídia e até mesmo inclusão de realidade virtual — para empresas que possuem estrutura para isso. 

Envolva os colaboradores

A equipe de RH e T&D deve, neste momento, ser um agente de mudanças na vida dos colaboradores. Para isso é necessário construir um conteúdo para os treinamentos que envolvam os funcionários, principalmente em relação a sua cultura.

O envolvimento de especialistas de todas as áreas faz com que haja o sentimento de pertencimento à empresa e que o colaborador se sinta mais interessado em participar desse método de aprendizagem. 

Contrate uma plataforma especializada

Por fim, nada disso poderia ser aplicado sem o auxílio de uma plataforma, não é mesmo? O maior segredo da aprendizagem adaptativa é a relação do ensino com a tecnologia. Afinal, juntas, elas buscam criar treinamentos baseados no que o público-alvo deseja. 

Para que a sua empresa desenvolva uma capacitação de qualidade, então, é fundamental investir numa plataforma especializada, como a Skore oferece. Somente as nossas soluções são capazes de conectar treinamento e resultado por meio de experiências únicas de aprendizagem. 

>> Aproveite e saiba mais sobre as nossas soluções

Vantagens da aprendizagem adaptativa nas empresas

Para encerrar, não poderíamos deixar de listar as vantagens da aprendizagem adaptativa dentro das empresas. Além de proporcionar a transformação digital no meio corporativo, alguns benefícios precisam ser destacados nessa relação. São eles:

  • Otimização no tempo de treinamento;
  • Melhora a absorção do conhecimento;
  • Aumenta o engajamento das pessoas devido a proximidade e afinidade com o conteúdo aplicado;
  • Acompanhamento de resultados;
  • Conteúdo just in time;
  • Otimização do tempo de aplicação de treinamentos;
  • Redução de custos.

Como já dizia Claire Fagin, “o conhecimento dará a oportunidade de fazer a diferença". Este é o momento da equipe de RH e T&D levarem a diferença para dentro da empresa e mostrar que a aprendizagem adaptativa pode ser uma excelente opção para treinamentos.

Para você que curtiu o assunto e quer ler outras temáticas semelhantes, navegue pelo nosso blog e confira mais!

Comentários