Como usar o ensino híbrido na educação corporativa?

Lucas Loconte, Copywriter

Muito se discute nos dias de hoje sobre a adoção do ensino à distância em relação ao presencial. Dados mostram que, já em 2018, o número de vagas EAD eram maiores que das instituições físicas. Contudo, um assunto que também deve ser discutido nesse meio é sobre o blended learning, o modelo de ensino híbrido.

Você sabia que esse método pode ser benéfico principalmente para a educação corporativa? Entenda como ele funciona no Brasil, além de sua relação com o mercado de trabalho e as formas que o ensino híbrido pode ser proposto para os trabalhadores.

Para você que ficou interessado, continue aqui e acompanhe! 

O que é ensino híbrido e qual a sua importância? 

A expressão em inglês blended learning faz referência a uma nova tendência do mercado, o ensino híbrido. Para quem não conhece, esse é um modelo de estudos, que visa intercalar classes presenciais e virtuais, transformando a realidade da educação desse aluno.

Esse método é cada vez mais utilizado principalmente por cursos, que oferecem conteúdos de otimização para trabalho e até mesmo de extensão da carreira dos profissionais.

Assim, para muitas pessoas, essa é uma forma de conseguir otimizar a sua aprendizagem mesmo em meio à rotina.

Ensino híbrido e educação corporativa: tendência do mercado

Os responsáveis por gerenciarem os treinamentos precisam entender que nem todos os colaboradores possuem tempo suficiente para frequentar somente salas presenciais. A interação física é indispensável, mas existem formas de equilibrar essa relação.

Com isso, o blended learning oferece a opção de intercalar experiências de aprendizagem virtuais e presenciais. Essa atitude, sem dúvidas, é um grande adiantamento para qualquer meio corporativo, até mesmo para os empresários que querem estimular seus colaboradores a se desenvolver, mas sem tirar muito tempo do trabalho apenas com eventos físicos. 

Como proporcionar ensino híbrido corporativo?

Você que trabalha com o desenvolvimento e treinamento de funcionários de uma empresa, já pensou em oferecer essa opção de capacitação? Mesmo que essa aplicação pareça difícil, vamos ensiná-lo a como dividir o modo presencial/virtual de maneira benéfica para a sua empresa. 

Por isso, separamos aqui 4 dicas para aplicar o ensino híbrido na organização. Essas são maneiras de colocar em prática treinamentos e desenvolvimentos sem grandes dores de cabeça. 

1 - Deixe o treinamento mais acessível


Em primeiro lugar, o ensino híbrido deve ser acessível. Mesmo que haja a intercalação entre treinamentos presenciais e virtuais, a empresa precisa entender que nem todos os colaboradores possuem a mesma condição para acompanhar os treinamentos.

Por isso, invista em soluções de aprendizado digital que eliminem ao máximo as limitações de acesso e permitam que o treinamento chegue a todos os usuários.  

2 - Aumente o engajamento dos colaboradores

É de suma importância que você ofereça essa inovação na aprendizagem estimulando o engajamento do meio corporativo por meio de capacitações interativas, eventos que atendam aos assuntos de interesse dos colaboradores e até mesmo com a modernização do ensino, como a busca de gamificação, gincanas e outras estratégias. 

Afinal, aulas monótonas e antiquadas deixam os profissionais desinteressados e não contribuem para o conhecimento deles.

3 - Valorização dos colaboradores

Em meio a isso, os responsáveis pelo desenvolvimento dessas aulas presenciais/virtuais devem valorizar cada esforço, entendendo que o desenvolvimento pessoal varia para cada colaborador e que não é simples descobrir e redescobrir novas habilidades. 

Não podemos deixar de falar também que trabalhar e estudar não é uma missão fácil! Então, reconhecer cada participante que está adquirindo mais conhecimentos é estimulá-lo a continuar nesse caminho. Por isso, no momento de aplicar o ensino híbrido, não deixe a valorização do colaborador de lado.

4 - Desburocratização do ensino

Por fim, de nada adianta adotar o ensino híbrido para o ensino de seus colaboradores se você não desburocratizar o funcionamento da blended learning

Provas tradicionais, inscrições com inúmeros documentos e demais situações podem desmotivar o funcionário e fazer com que ele desista desse ciclo de aprendizagem. Portanto, facilite o acesso dos colaboradores a esse ensino, lembre-se da primeira dica. 

Ao longo desse artigo entendemos que o ensino híbrido é uma flecha apontada para o seu alvo. Quanto mais firme e equilibrado as organizações estiverem ao oferecer esse tipo de estudo presencial/virtual, maiores são as chances de acertar o seu alvo, que é a verdadeira aprendizagem corporativa

A Skore é uma empresa que oferece soluções como essas e que você pode contar a qualquer instante! Por isso, continue acompanhando nossos conteúdos e conheça um pouco mais sobre os nossos projetos.

Comentários