Orçamento para treinamento: como organizar a sua empresa?

Lucas Loconte - especialista em operação de T&D

Entenda como o RH pode fazer o cálculo do orçamento para treinamento e melhorar cada vez mais as capacitações oferecidas dentro de sua empresa

O planejamento orçamentário é uma estratégia fundamental dentro das empresas. Essa é uma maneira que os gestores encontram de calcular a entrada e saída de dinheiro do negócio para ter uma visão de como ele está financeiramente. Contudo, para fazer o orçamento para treinamento é necessária outra metodologia, mas que também é essencial para as contas.

Se você está planejando realizar uma capacitação corporativa em breve, continue neste artigo e entenda como é feito o orçamento para treinamento! Vamos dar dicas infalíveis para criar esse documento e monitorá-lo em tempo real.

Se você ficou interessado, continue acompanhando e boa leitura!

O que é e como planejar um orçamento para treinamento?

O planejamento orçamentário é uma estratégia empresarial, que coloca na ponta do lápis todos os gastos dentro de uma empresa. Houve entrada ou saída de verba? Tudo isso deve constar nos cálculos do negócio e ficar armazenados no setor financeiro. 

Sem essa análise completa sendo feita constantemente, pode haver inconsistência nas contas e prejudicar o empresário no final do mês. O time de RH, por exemplo, não pode realizar um orçamento para treinamento sem esse cálculo.

Como ele se aplica no RH?

Para você que faz parte da equipe de RH, certamente sabe que também é preciso ter acesso às contas para realizar os seus serviços da maneira correta.

Já imaginou fazer um orçamento para treinamento sem saber o que tem disponível nas contas da empresa? Esse seria um erro fatal, já que o RH não teria um limite (para gastar mais ou menos) na hora de realizar a capacitação. Seria como um “tiro no escuro”, como diz o ditado popular.

8 dicas infalíveis para organizar um orçamento para treinamento eficaz

Para você que faz parte do time de RH e precisa realizar um orçamento para treinamento, separamos algumas dicas infalíveis, que vão ajudá-lo a criar um cálculo completo, sem erros e dores de cabeça.

Por isso, pegue uma caneta e um papel! Todas as informações a seguir são de suma importância para o seu planejamento. 

Defina objetivos de curto, médio e longo prazo

Em primeiro lugar, o objetivo dos treinamentos deve ser classificado em curto, médio e longo prazo. Quanto maior for o tempo para realizar essa capacitação entre os colaboradores, mais gastos serão necessários. 

Para se organizar melhor, faça uma planilha e separe quais são as metas de cada evento. 

Reflita sobre as metas de melhoria

O orçamento para treinamento deve vir pautado nas metas de melhoria para a empresa. O RH precisa ter em mente que se o objetivo for muito importante, maior o gasto com essa capacitação. 

Portanto, essa é uma maneira de equilibrar a qualidade da prática versus busca pelas metas da equipe. 

Faça o benchmarking de outras empresas

O benchmarking é fundamental para criar um orçamento para treinamento. Mesmo que você tenha conhecimento sobre como calcular o gasto com capacitações, estudar a metodologia de outras empresas e analisar se alguma estratégia cabe a sua, é uma maneira de atualizar e aprimorar os custos com os treinamentos corporativos. 

Verifique a quantidade de colaboradores

Sem dúvidas, a quantidade de colaboradores precisa vir prescrita em um documento. Por meio desse número é possível calcular uma média de gasto por pessoa e criar um orçamento em cima disso.

Compare com aquilo que já foi realizado

Outros treinamentos, capacitações e eventos corporativos que já foram realizados: por que não utilizá-los como parâmetro? Veja quais foram os gastos que já aconteceram e faça uma análise sobre o que pode ser reaproveitado nessas contas. 

Leve em conta os riscos e as ameaças

O orçamento para treinamento precisa ter um tópico separado somente para riscos e ameaças. Independente do planejamento, qualquer time está propenso a situações inesperadas e precisa ter pelo menos uma noção de como agir - principalmente se tiver relação com as contas. 

Estabeleça indicadores de efetividade

É fundamental que o orçamento para treinamento tenha indicadores de efetividade. Portanto, o time de RH precisa fazer uma lista e eleger quais são os tópicos que mais trazem resultado e precisam de investimento. Um exemplo disso é destacar “o que diminui os riscos de acidentes”, “o que aumenta os resultados individuais de vendas”, entre outros. 

Tome decisões baseadas em dados

Por fim, nunca tome decisões sem ter dados em suas mãos! O RH precisa entender que nenhum orçamento pode ser realizado por meio de premissas. É possível analisar antigos treinamentos, informações de outras capacitações e até mesmo buscar a ajuda de outros especialistas. 

Ao longo deste artigo entendemos que para fazer o orçamento para treinamento, a equipe de RH precisa seguir métodos eficazes, que realmente tragam resultados positivos para a empresa.

Para isso, a Skore pode ser uma aliada nesse processo e ajudá-lo na hora de realizar esse orçamento! Entre em contato conosco e conheça as nossas soluções para treinamentos.

Comentários