Qual é a importância da LGPD para a área de T&D?

Lucas Loconte - especialista em operação de T&D

Você sabe qual a importância da LGPD para T&D? Descubra o porquê de ser tão necessário ensinar sobre essa nova legislação para uma empresa e como fazer isso

À medida que os avanços tecnológicos trouxeram mudanças significativas para a sociedade, os usuários começaram a questionar a forma como suas informações pessoais eram utilizadas pelas empresas donas de sites e aplicativos. A importância da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) ganhou uma grande relevância a partir de 2018, quando foi sancionado o texto sobre esse assunto. 

As empresas que não seguem a nova Lei de Proteção de Dados estão não somente desrespeitando o usuário na internet, como também infringindo a lei. Mesmo que o processo de adaptação seja lento, é primordial que os times de T&D (Treinamento e Desenvolvimento) e de RH (Recursos Humanos) construam treinamentos que mostram as mudanças que aconteceram e que busquem colocar em prática.

Neste artigo, vamos mostrar o que é e qual a importância da LGPD para o mercado virtual e para dentro de uma empresa. Além disso, vamos sugerir algumas formas de apresentá-la em um treinamento para que os colaboradores coloquem em prática.

Se você ficou interessado nesse assunto, continue aqui e acompanhe!

O que é a LGPD?

A LGPD foi sancionada em 2018 e entrou em vigor no final de 2020. Esse texto busca proteger os dados pessoais de empresas e consumidores para que não sejam coletados de maneira irregular e utilizá-las para benefício próprio.

Hoje, a maioria dos sites possuem um aviso de que realiza a coleta dos cookies, que pode ser um pequeno arquivo de computador ou pacote de dados enviados por um site para o navegador do usuário quando o visitante entra no site. Essa coleta de dados acaba alimentando algoritmos e ajudando analistas a entender as dinâmicas de consumo e visitação do usuário. Se o site não possui esse aviso, ele pode ser multado. 

A importância da LGPD está ligada diretamente à preservação dos dados dos usuários e respeito à coleta de informações, que antes era feita de forma indiscriminada. Além disso, ela também cuida de dados sensíveis, para que informações relacionadas a etnia, gênero, opiniões políticas e outros assuntos não se disseminem em forma de discriminação.

A importância da LGPD e como ela impacta o RH

Com as mudanças que aconteceram em 2020, as organizações precisaram se adaptar e entender que não podem mais coletar qualquer informação dos usuários sem autorização. Isso faz com que muitos serviços sejam impactados, principalmente os que trabalham com a criação de uma persona com os dados captados na internet.

Nesse mesmo contexto, o RH precisa mostrar aos funcionários como essas normas são importantes até mesmo para garantir o sigilo e segurança das informações da empresa. Como o avanço tecnológico ganhou proporções grandiosas há muito pouco tempo, até então não existiam leis que colocavam limites nas práticas virtuais.

Por isso, os times distribuídos precisam ser treinados pelos times de RH e/ou T&D para que vejam quais foram as mudanças propostas,  coloquem essas alterações em prática e enxerguem a importância da LGPD na sociedade.

Por que as empresas devem realizar um treinamento para LGPD?

Quando a empresa decide realizar um treinamento sobre LGPD, ela deve focar em situações que vão além da coleta de dados irregular. 

É necessário mostrar que os hábitos dos funcionários funcionam como uma amostra, já que podem colocar a segurança dos dados da empresa em risco e ainda manipular as informações dos clientes de maneira inadequada.

Dessa forma, torna-se mais fácil apontar onde estão os erros e acertos em relação à LGPD. A prática permite que o funcionário enxergue onde está errando e quais devem ser os passos corretos a se tomar com a coleta de informações sensíveis.

Existem outros pontos que também mostram a importância de realizar um treinamento para LGPD, como:  

Respeitar os dados dos usuários

A LGPD surgiu com a intenção de não invadir tão bruscamente a vida pessoal de um usuário. Mesmo que ele preencha sobre as suas informações particulares em um site, é preciso respeitar dados sigilosos, como CPF e nome completo, e não usá-los de forma indevida.

Durante o treinamento é necessário mostrar que a coleta de dados pessoais deve respeitar o usuário na internet. Mesmo que ele forneça algum ponto sobre a sua vida, isso deve ser mensurado e reduzido somente ao que a lei permite.

Evitar problemas com segurança

Muitos colaboradores aceitam divulgar informações pessoais do negócio para acessar alguma plataforma e nem sequer imaginam o perigo que estão colocando a empresa. Isso pode colocar dados importantes em risco, já que a confiabilidade do site não foi conferida de antemão.

Logo, mesmo que não se trate de um cargo que trabalha diretamente com coleta de dados, é extremamente importante que todos os funcionários participem do treinamento para entender sobre essa lei e não cometer erros simples, mas que coloquem os dados em risco.

Manter a comunicação na internet

Por fim, a comunicação com os usuários na internet permite que a empresa colha mais dados e que não deixe as pessoas com medo de ceder as informações. 

Esse relacionamento deve mostrar qual a finalidade interna com a captação dos dados e como isso reflete diretamente na produtividade da empresa, já que é possível desenvolver vários projetos, como a criação de um público-alvo bem delimitado.

Conclusão

A importância da LGPD está completamente relacionada à segurança das informações na internet e saber respeitar o usuário quanto aos dados que são fornecidos para uso próprio. 

Se você está em busca de uma empresa para ajudar na aplicação deste treinamento, conte com a Skore! Nós oferecemos multiexperiências de aprendizagem por meio de uma plataforma interativa, que ajuda a mensurar os resultados e entregar conteúdos de qualidade.

Para saber mais, fale agora mesmo com os nossos especialistas!

Comentários