ROI de treinamento: o que é e como calcular em 5 passos

Rico Katayama - especialista em Gestão de RH

Você sabe o que é ROI de treinamento? Descubra como essa estratégia funciona e pode ajudar em uma análise mais analítica sobre os resultados obtidos em capacitações

As equipes de T&D (Treinamento e Desenvolvimento) são responsáveis pela qualificação dos colaboradores de uma empresa. Por meio de capacitações, é possível aumentar a performance dos funcionários e torná-los cada vez melhores no cargo em que atuam. Porém, é difícil mensurar os resultados por se tratar de um método pouco tangível. Uma estratégia bastante interessante e que pode ajudar a entender o impacto de uma capacitação no desempenho de um colaborador é o ROI de treinamento.

ROI é a sigla de Retorno sobre o Investimento, e essa técnica analisa o quanto do que foi investido durante um treinamento foi transformado em vendas. Com esses dados, também é possível avaliar se os resultados foram significativos ou não. O ROI é extremamente utilizado como uma ferramenta de marketing, oferecendo métricas de campanhas e guiando os profissionais sobre quais caminhos devem seguir nos próximos lançamentos.

Se você está a fim de entender melhor sobre os resultados das capacitações da empresa em que trabalha, continue aqui e descubra como o ROI de treinamento pode ajudar nessa empreitada! Vamos mostrar o seu conceito, motivos para adotar este método e como calcular o retorno sobre investimento de uma capacitação. 

O que é ROI de treinamento?

O Retorno sobre o Investimento  é uma estratégia utilizada principalmente na área de marketing para mensurar o desempenho de uma campanha ou de outra tarefa, que exigiu gastos por parte da empresa.

Essa métrica ajuda a entender se o investimento trouxe o retorno esperado para a empresa. Um detalhe importante a se ressaltar é que o ROI não apresenta métodos para otimizar os resultados, apenas analisa os dados a partir das métricas obtidas com o cálculos. Trata-se de uma avaliação analítica dos números que o negócio conquistou.

Por que utilizar o ROI de treinamento?

O ROI de treinamento se torna uma opção de grande valor para as empresas na hora de entender o real impacto de um treinamento junto aos colaboradores.  Isso acontece porque é muito difícil mensurar os resultados das capacitações, já que estamos trabalhando com o lado subjetivo de cada profissional e a capacidade de aprendizagem de cada um.

Mesmo que um grupo de colaboradores mostre que desenvolveu novas habilidades por meio de um treinamento, os resultados são muito abstratos e variam de acordo com cada profissional. Com isso, a empresa não consegue avaliar se deve continuar com a mesma estratégia de ensino ou se deve mudar para outra metodologia.

A aplicação do ROI seria uma forma de concretizar os números obtidos com os treinamentos e avaliar se devem haver melhorias na metodologia do time de T&D.

Como calcular o ROI de treinamento?

A fórmula que é aplicada geralmente funciona da seguinte maneira: 

ROI = (Ganho obtido - Investimento) / Investimento

Porém, a equipe de T&D deve não somente trabalhar com esse cálculo, como também analisar outros pontos importantes. Separamos aqui 5 que precisam vir destacados nessa mensuração:

Levantamento dos gastos a mais com o treinamento

Geralmente a empresa lista todos os gastos relacionados ao treinamento. Mas e os custos adicionais, eles entram nesse levantamento? É fundamental que exista uma estratégia financeira para imprevistos, com valores reservados para isso. 

A adoção repentina do home office, por exemplo, exigiu que os empresários investissem em plataformas para treinamentos online. Esse foi um custo que pode ter abatido bastante no financeiro de empresas que não se planejaram para imprevistos.

Indicadores para o RH avaliar

É importante que as equipes de RH e T&D escolham indicadores para avaliar o desempenho dos funcionários. Se foi realizada uma capacitação sobre o uso do sistema da empresa, os responsáveis devem analisar como está a desenvoltura dos colaboradores depois do treinamento. Esses indicadores devem servir como estratégia para entender os resultados obtidos.

Expectativas para próximos investimentos

É importante que a empresa esboce por completo os números obtidos com o treinamento dos colaboradores. Com base nesses precedentes é possível ter uma média do que é necessário alcançar em próximas capacitações e se houve uma queda ou não em outra análise de ROI.

Grupos de controle

É importante que os times de T&D criem grupos de controle, que são pessoas responsáveis pelo acompanhamento dessa estratégia, para não gastar muito na hora de qualificar os colaboradores. Isso pode afetar o ROI de treinamento e gerar resultados negativos em relação ao financeiro da empresa. 

Uma estratégia bastante interessante é usar modelos que deram certo e basear-se nos gastos que eles tiveram com a criação do conteúdo. 

Contexto que o ROI foi aplicado

Por fim, junto ao Retorno sobre Investimento deve vir também o contexto em que o treinamento foi aplicado. Se for uma capacitação online teve problemas de conexão ou os funcionários não conseguiam mandar as suas dúvidas, o resultado será inferior ao que era esperado.

O uso do ROI para treinamentos veio para mostrar o real impacto sobre as equipes. Mas se situações internas da empresa, o cenário que o mundo se encontra e outras questões que aconteceram durante a capacitação não forem relatadas, não haverá um resultado conciso. 

Conclusão

Como vimos, o ROI de treinamento é uma oportunidade interessante para os negócios que buscam resultados mais analíticos sobre os projetos desenvolvidos pelos times de T&D. 

Por falar nisso, a Skore é uma empresa que trabalha com treinamentos corporativos online e que possui autoridade no ensino. Além de oferecer recursos que ajudam a mensurar os resultados obtidos com as capacitações. Para saber mais, conheça agora mesmo a nossa solução!

Comentários